quinta-feira, 11 de junho de 2009

Prosa em Poesia II: Vento do amor

By James Ribeiro

Você é para mim
Qual flor destemida
Que no meio do deserto da vida
Brotou numa beleza sem fim

Qual pássaro em vôo
Que seu canto liberta
Num espaço infindo, felicidade aberta

Sinto minha vida expandir
Livre pra correr aos teus braços.


Nenhum comentário: